8 GRANDES MENTIRAS SOBRE PLANEJAMENTO DE CASAMENTOS

separator

1) Você tem que usar um vestido branco.



Se a ideia de um grande vestido e véu brancos não é muito interessante para você, não se sinta pressionada a usar um. Adereços de cabelo com penas ou mesmo apenas algumas flores frescas (como coroas de flores) podem substituir o tradicional véu, e existem vários designers de vestidos de casamento que já criaram vestidos lindos em outras cores – como rosa, azul ou até com estampas florais. Você também pode adicionar cor (e personalidade!) a um vestido branco simples com uma fita na cintura, um bolero ou um cardigã.


2) Contratar amigos talentosos dá na mesma que contratar profissionais.

Não é só porque o seu amigo vive divulgando fotografias lindas da natureza que ele será capaz de imprimir o mesmo resultado às fotografias do seu casamento. Um fotógrafo de casamento experiente sabe como capturar bem os momentos mais importantes do casamento (como preparativos, troca de votos e primeira dança) sem deixar de dar atenção para aquelas fotografias da família e da recepção que não podem faltar. O mesmo vale para todas as outras categorias, como decoração e música. Procure por profissionais locais de que você goste e, se o custo deles for um problema, seja sincera e honesta sobre seu orçamento desde o início. Se você realmente não consegue arcar com os custos de um profissional, pergunte-o se ele não teria recomendações de outros profissionais que cobram menos e que tenham um estilo semelhante.


3) Se você foi ao casamento deles, você tem que convidá-los para o seu.

Não se sinta obrigada a convidar alguém somente porque a pessoa te convidou para o casamento dela. É o seu dia – convite aquelas pessoas com quem você tem proximidade. Se alguém presumir que será convidado, conte-os desde logo (quanto antes, melhor) que, por questões de espaço e orçamento, você teve que limitar a lista de convidados.
4) Uma assessora/cerimonialista é muito cara.

A questão é a seguinte: uma cerimonialista não só pode te ajudar a se organizar e fazer sugestões incríveis de coisas originais, como também pode acabar te poupando milhares e te manter nos trilhos do orçamento que você estabelecer! Muitas cerimonialistas possuem parcerias com floristas, decoradores e outros profissionais, e frequentemente possuem acesso a descontos que elas podem repassar para você. Soa bem, não é? Mesmo que você não possa arcar com uma cerimonialista para todo o processo de preparação, pesquise a possibilidade de contratar uma só para o dia da cerimônia (para tirar um pouco do stress do dia do casamento de você) ou para te dar recomendações antes de você começar a planejar.


5) Fazer você mesma será o mais econômico.


Não se engane: fazer você mesma o que você for precisar nem sempre é o meio mais barato. A não ser que você tenha acesso ilimitado aos materiais necessários para criar seus próprios convites ou arranjos florais, o custo desses itens, por si só, irá ser bastante alto (sem falar do tempo que se gasta para fazer convites, arranjos e decorativos às dezenas ou centenas!). Pesquise antes de começar a comprar papel e flores em grandes quantidades para se certificar se realmente não vale a pena pagar alguém para fazer essas coisas.


6) Você tem que ter o mesmo número de madrinhas e padrinhos.


Talvez ele tenha muitos amigos, enquanto você só tem algumas poucas e boas amigas. Não se sinta pressionada a arrumar outras mulheres só para equilibrar os lados. O importante é que todas as pessoas de quem você gosta e com quem tenha proximidade seja parte do seu dia. Divida os trabalhos e coloque alguns dos padrinhos para suprir a falta de madrinhas, se necessário. E, de toda forma, simplesmente não se preocupe – não há nenhuma regra que diga que ambos os lados do altar têm que ter o mesmo número de pessoas*.
*Nos casamentos americanos e, algumas vezes, nos brasileiros, as madrinhas ficam de um lado dos noivos e os padrinhos, do outro.


7) Você terá que se endividar muito para pagar um casamento


Existem formas simples para se economizar dinheiro, portanto, não vale a pena começar sua vida de casada afogada em débitos! Organize suas prioridades – se você sempre quis um vestido de casamento lindo, uma cerimônia com vista bonita ou um bouquet maravilhoso, faça suas extravagâncias somente nesses itens. Depois, procure meios de economizar em outros setores que sejam menos importantes para você.


8) Todos os vestidos de casamento são feitos da mesma forma.



Por quê alguns vestidos custam R$ 1.000,00 e outros R$ 10.000,00? A resposta não está somente no luxo ou reconhecimento da grife, mas também na qualidade dos tecidos, das rendas, na qualidade da construção do vestido, dentre outros fatores. Em outras palavras: vestidos caros, em geral, são realmente muito mais bonitos. Isso não quer dizer que você tenha que extrapolar seu orçamento para encontrar um bom vestido. Uma boa designer poderá sugerir vestidos estilosos que vestem bem independentemente da faixa de preço buscada.

Esse post foi traduzido parcialmente traduzido do Top 10 Wedding Planning Myths.

Para quem souber inglês, recomendamos o site The Knot, que tem várias informações e imagens lindas!